Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Sombra

 

Porque será que me sinto apenas uma sombra de mim?!


Sábado, 22 de Agosto de 2009

Acordar

Por vezes há alturas, que sem saber como nem porquê, me fazem abrir os olhos, olhar à minha volta, e analisar o caminho que percorri até agora.

Como se de repente acordasse, e me deparasse com uma realidade que sempre esteve ali, mas na qual nunca reparei.

Às vezes parece que acordo e me deparo com situações, com algo na minha vida, que não queria que fossem bem como são e que nem sei como ficaram assim.

Às vezes penso como cheguei a este ponto, e o que terei feito (mal ou bem) para que as coisas sejam como são neste momento.

Que caminho percorri eu, que escolhas fiz, porque agi ou pensei assim?!

Estas questões devem passar pela cabeça de todas as pessoas, pelo menos uma vez na vida, relativamente a diversas situações.

A questão que paira sobre mim neste momento prende-se com as amizades.

Com o fazer amizades e conseguir mantê-las durante toda a nossa vida.

Dei por mim a pensar o que será feito das minhas amigas, e a tentar perceber efectivamente quantas amigas tenho neste momento.

Lembro-me, e as pessoas que me conhecem ou conheceram mais nova também se lembrarão, que era uma pessoa que fazia amizades com muita facilidade.

Sempre fui extrovertida (não tanto como aparentava, pois também tenho o meu grau de timidez, embora nunca o deixasse transparecer muito), sociável, conversadora, que conseguia falar com qualquer pessoa assim que a conhecia, e que até ganhava a amizade dessas pessoas facilmente.

No entanto, e nos dias de hoje, começo a ver-me como uma pessoa diferente da que pensava ser.

Não porque tenha deixado de ser extrovertida, sociável e conversadora, capaz de falar com qualquer pessoa assim de um momento para o outro.

Não é nestes campos que vejo a diferença.

Mas analisando bem o meu leque de amizades, e falo daquelas amizades que nasceram cedo e se foram mantendo até hoje, com quem se contacta frequentemente, com quem se está em diversas alturas, com quem se combinam jantares, lanches, cafés ou só uma conversita, com quem se vai de férias, etc, etc ... analisando esse leque agora, deparo-me com uma surpresa desagradável.

Onde estão as minhas amigas?! ...

Tenho a minha melhor amiga e ... mais nada.

Olhando de olhos bem abertos à minha volta, sou uma pessoa que conquistou amizades, amizades que tiveram algum crescimento, mas que pelos vistos eu não reguei, e por isso murcharam.

Tal como o amor, também a amizade depois de ser plantada, tem de ser regada, para poder crescer, porque se não a formos regando ela murcha.

Olho à minha volta, e vejo as minhas amigas de outros tempos com várias amigas à sua volta. Amizades que vêm desde há muitos anos, outras talvez um pouco mais frequentes, mas que de certa forma se foram mantendo.

Vejo que mantêm um determinado grupo de amigas, com quem se reúnem frequentemente, ou que pelo menos tentam fazê-lo, com quem não deixam de estar em contacto, não importa a distância a que estejam umas das outras, que se juntam para jantares, almoços, lanches, cafés, saídas e etc.

Amizades que regaram ao longo dos anos.

E depois olho para mim, que sempre estive rodeada de gente, e vejo que estou sozinha.

Que as amizades de outrora murcharam, e se afastaram.

Mas apenas de mim.

Vejo que afinal não consigo manter pessoas à minha volta.

Porque se pensar bem, e se pensar em marcar qualquer coisa, um encontro de amigas, ou qualquer coisa do género, deparo-me com uma lista praticamente em branco. Porque as pessoas de quem me lembro, que outrora eram minhas amigas, e com quem saía e falava frequentemente, deixaram de ter contacto comigo (ou eu com elas).

Reparo agora que as minhas amizades são curtas demais.

Que faço amizades, que as mantenho durante um espaço de tempo, espaço esse em que são amizades aparentemente fortes, mas que depois se desvanecem, sem saber bem porquê, até praticamente desaparecerem.

E sinto-me só. E tenho saudades dos momentos que passei com essas amigas.

E fico a pensar porque não ficaram essas amizades nos dias de hoje.

Eu sei que a vida muda, que crescemos, começamos a trabalhar, casamos, temos filhos, e as coisas não voltam a ser como dantes.

No entanto, e olhando à minha volta, começo a perceber que talvez não sejam como dantes apenas para mim.

Porque as minhas amigas de outrora continuam a ter as suas amigas, que cresceram com elas, e se mantiveram lado a lado.

E agora, que penso nisso, e que acordei de repente para esta realidade, tenho pena, tenho saudades, e sinto-me só.

Sinto-me outra pessoa, uma persona non grata, uma pessoa que foi esquecida (talvez por sem querer ter esquecido as outras), uma pessoa sem amigas.

 

Não sou pessoa de me arrepender das coisas que faço, mas sim de aprender com elas.

No entanto, neste campo, e hoje, sinto-me profundamente arrependida de não ter regado as amizades que fui fazendo ao longo da vida, e de as ter deixado fugir por entre os dedos.

E agora, haverá volta a dar?!

 

 

Hoje sinto-me ... :
tags:
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

...

Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Sondagem

Tendo em conta apenas o título, qual destes livros te sentirias tentado(a) a comprar/ler?

 

 

1) Vidas cruzadas

 

2) Amor sem asas

 

3) Entre vidas

 

4) Verdade nas entrelinhas

 

5) Meias palavras

 

6) Derrapagem

 

 

Fico a aguardar as vossas escolhas.

 

Hoje sinto-me ... : Indecisa
Sábado, 11 de Julho de 2009

NOVO BLOG

Tenho agora outro blog para espreitarem em:

 

www.pimentachocolate.blogs.sapo.pt

 

Um blog onde vou falar bem e mal de tudo e mais alguma coisa, onde vou fazer os meus desabafos sejam eles com sabor a chocolate ou com sabor a pimenta.

 

Fico à vossa espera na nova e nesta casa.

 

Sempre.

 

 

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

UMA GOTA TUA PELA VIDA DA CARLA

Eu sei que andam muitas campanhas e apelos deste género por aí, e este para alguns será apenas "mais um".

Uma colega  e amiga está pela 3ª vez internada no IPO devido a uma recaída da leucemia que a acompanha há 4 anos.
Infelizmente, e como quase sempre nestes casos, a situação dela só melhorará quando finalmente encontrar um dador compatível, que insiste em não aparecer.

Na empresa estamos a organizar a deslocação de uma brigada da Cedace para fazer colheitas de sangue às pessoas interessadas em entrar para a base de dados de Dadores de Medula.

Estamos a estender esta acção a pessoas que não pertençam à empresa, pois como todos sabemos, nestes casos, quantos mais melhor.

A primeira brigada estará na empresa no dia  3 Julho das 10h às 17h, em Cascais e estamos a organizar outra brigada mas ainda sem data definida.

 

Peço a quem estiver interessado e disponível para colaborar que me envie um mail para

 

gotapelavida@hotmail.com

 

 

para se inscrever e para eu posteriormente vos informar onde se devem dirigir no dia em questão.

 

Necessitamos de ter no mínimo 30 inscrições para que a brigada efectue a deslocação ao local.

 

Para quem está longe, poderá sempre dirigir-se ao centros de histocompatibilidade ou hospitais das suas áreas. Verifiquem quais os locais mais próximos de vós em

 

www.chsul.pt


Aproveito para pedir a vossa ajuda na divulgação deste caso, enviando este pedido para os vossos contactos, publicando este apelo nos vossos blogs, ou simplesmente passando a mensagem de qualquer outra forma.

Fico a aguardar notícias vossas.


"Uma gota tua pela vida da Carla"

Fui desafiada...

E aceitei o desafio feito pelo costeladeadao.blogs.sapo.pt


Um bocadito para o comprido, mas está bem, eu aceito ...
 

Parte 1
 
 

O que te choca: Os corações de pedra

 

O que te arrepia: o giz no quadro, e as imagens "chocantes" deste mundo

  

O que te excita: A novidade

  

O que te solta: Já sou solta por natureza

  

O que te faz rir: Tudo e mais alguma coisa

  

O que te faz chorar: As tristezas e as grandes alegrias, minhas e de quem está está perto de mim. Eu choro por mim e pelos outros

  

O que te causa náuseas: O cheiro da carne nos talhos

  

O que te falta para seres feliz: Eu já sou feliz!!

  

O que te traz infelicidade: A infelicidade dos outros à minha volta

  

O que te magoa: Que sejam injustos comigo

  

O que desejas: (Vou parecer a miss universo), mas o que desejo mesmo é a felicidade de toda a gente e que todos tenham saúde

  

O que receias: Perder as pessoas que amo

  

O que não queres perder: Igual ao de cima, as pessoas que amo

  

O que queres alcançar: Paz de espírito

  

Uma data que abominas: 24 Março

  

Uma festividade que adoras: O Natal

  

Uma qualidade que aprecies nas pessoas: Bom humor

  

Uma característica que abomines nas pessoas: Cínismo

  

Uma mentira que tenhas dito: Quando era mais nova, estava a fumar na casa de banho qd o meu pai chegou a casa, e quando me perguntou que cheiro era aquele respondi "Estive a queimar folhas do meu diário"

  

Uma nostalgia: Saudades da minha infância

  
 

Parte 2

  

Vida: É preciso saber vivê-la

  

Amor: Incondicional pelo meu filho

  

Casamento: Já lá vão quase 8 anos, e recomenda-se

  

Família: Não vivo sem ela. Está sempre  em primeiro lugar

  

Dinheiro: Não traz felicidade, mas ajuda

  

Homem: Papa João Paulo II

  

Mulher: A minha mãe

  

Desejo: Que o meu filho seja feliz

  

Sucesso: Alcançar as nossas metas pessoais, e não as dos outros

  

Profissão: O meu vício

  

Saúde: Desgraçada da sinusite não me larga

  

Internet: Há dias em que uso muito, há dias em que nem me lembro dela

  

Presente: Visão para o futuro

  

Passado: Aprendizagem para a vida presente e futura

  

Futuro: A visão do futuro ajuda-nos no presente

  

Politica: Não ligo

  

Brasil: Não me levem a mal, mas começo a ficar farta da invasão

  

Sexo: Tem dias ...

  

Arte: Uma forma de nos expressarmos, de deitarmos cá para fora o que nos vai na alma, seja lá que género de arte seja

  

Opinião sobre o desafio em questão: Estou como o costela, um pouco longo, mas que se faz bem

  

Mandam as regras que passemos o Desafio a 10 pessoas. Aqui vão os meus 10 convidados/as

  

A minha nuvem

Vidinha de uma gaja

O meu mundo secreto
Rabujices da míuda
Miss popota
Kok - Rir é bem melhor
Jade
Jornal azul
Pink Code
Rabiscos meus
 
E para quem se sentir desafiado, esteja à vontade para copiar.
 

 

» E assim sou eu

» Chocolat'o dependente

layouts myspace

layouts myspace

» Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
26
27
28
29
30
31

» Horas


Clock Generator - bigoo.ws

» Bicho de Estimação

myspace graphics

myspace graphics

» ÚLTIMAS

» Sombra

» Acordar

» ...

» Sondagem

» NOVO BLOG

» UMA GOTA TUA PELA VIDA DA...

» Fui desafiada...

» E 6ª feira já posso dizer...

» PELA MARTA II - FINALMEN...

» Para a minha melhor amiga...

» Há dias em que acordo ass...

» NÃO ACREDITO ...

» Ensaio sobre a cegueira

» Cont. - PELA MARTA - e p...

» PELA MARTA - e por todas ...

» tags

» todas as tags

» CAIXINHA

» ESPREITADELAS

» Eu sou uma Piaçaba

badge

» Estatuetas Douradas

» Sonhos cor-de-rosa xhoque ao som de ...

blogs SAPO

» subscrever feeds